Mecânica

Aceleração

Agora, você, espertinho, pode dizer:

Mas QF, e quando as coisas mudam de velocidade?

Bem, é exatamente sobre isso que vamos tratar aqui! Quando estávamos falando de velocidade, no tópico anterior, só considerávamos movimentos que tivessem uma velocidade constante ou apenas calculávamos a velocidade média de seu deslocamento, não nos importando se a velocidade tinha variado no trajeto.

Quando a velocidade de um pato uma partícula varia, dizemos que ela está acelerada. E pode ser tanto pra deixá-la mais rápida (aumentando sua velocidade), como para deixá-la mais devagar (diminuindo sua velocidade). Não é difícil, né?

Faremos como com a velocidade média. A velocidade não era a taxa com que a distância variava no tempo? Então, a aceleração média é taxa com que a velocidade varia no tempo… já dá pra ter uma ideia de como vai ser a fórmula matemática pra isso?

 
Vamos deixar as coisas mais claras! Como sempre, com um exemplo.

Hummm… um exemplo que envolva aceleração… hum… já sei!!!
Imagine o seguinte: você está apertado, com aquela vontade insana de ir ao banheiro! Isso mesmo! Você mal consegue pensar, pois todo seu processamento mental está ocupado com o controle dos seus esfíncters e em como chegar ao banheiro.É aí que nosso exemplo de aceleração começa. Todos nós sabemos que quanto mais perto do banheiro estamos, mais a vontade fica incontrolável e corremos mais ainda por causa disso. Ou seja, é um movimento acelerado!

aceleração

 
Para deixar mais parecido com um problema físico. Imagine que você partiu do repouso (estava deitado, vendo tv), quando, de repente, aquele vontade veio. Imediatamente, você levanta e começa ir em direção ao banheiro e, como está chegando cada vez mais perto, a vontade fica mais incontrolável e você aumenta a velocidade. Suponha que você chegue no vaso a uma velocidade de 3 m/s e que levou 10 s para levantar e correr até o banheiro. Agora que você já chegou… bem… está mais aliviado, podemos fazer alguns cálculos:

Note que sua velocidade inicial era zero!

Portanto, essa é nossa aceleração média: 0,3 m/s². Isso quer dizer que, para cada segundo que passa, dos 10 s que você levou até chegar no vaso, você aumenta sua velocidade em 0,3 m/s.

Mas, e se você já estivesse andando em direção ao banheiro quando desse a vontade? Digamos que andando a velocidade constande de 1 m/s. Nesse caso, a aceleração média é menor. Veja o porquê.

formula aceleração

Viu? Agora sua velocidade inicial era 1 m/s. Δv é a variação da sua velocidade, ou seja, sua velocidade final menos a inicial.

Temos que ficar espertos! Pois, na fórmula, entra a variação de velocidade e não a velocidade final! Por isso fazemos 3 m/s menos 1 m/s. É a velocidade final menos a inicial.

E assim como fizemos com a fórmula da velocidade, podemos manipular a da aceleração média.

Lembre-se, fórmulas são coisas descaradas e pervertidas! Elas adoram quando você as pega e manipula de tudo quanto é jeito.

Pra perderem o medo, mais um exemplo: A Brasília 1978 do seu avô tem uma aceleração de 0,1 m/s. Supondo que ela não exploda antes, quanto tempo levaria para que ela atingisse, partindo do repouso, a barreira do som??? (velocidade do som no ar: 340 m/s)

aceleração

 
Levariam 3400 segundos, ou seja, aproximadamente 56 minutos! Dá-lhe Brasília!!! =D

 


15 pentelhos já comentaram!

  1. Lénifer

    Qual é QF…….cadê o restante das aulas?

  2. Odete

    Cadê o MRUV????????????? Suas explicações são muito boas, não pode desistir.

  3. Danilo Trigolo Roberto

    muito bom!
    e é divertido aprender..rsrsrsr
    parabens!

  4. vanessa

    Poxa! parou:(…? vc explica muito bem QF ::):):)

  5. Muito bom mesmo
    Já já publica um livro, hein? xD

  6. Ricardo

    Mto bom o blog, posta mais na seção das aulas…
    ;D

    Parabéns

  7. Saudade de mais aulas do QF =/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=/=

  8. QF

    Muito obrigado pessoal!! Assim que establizarem as coisas com o Mestrado volto a postar aqui!

  9. pedro h

    haah muito bom QF, e parabens pelo mestrado, quando der vc tem que dar continuidade a isso aqui!

  10. Rafael

    excelente blog…muito bom mesmo…parabéns!!!

  11. Ana Meira

    O erro de incompreensível foi de digitação mesmo, apesar de que nem mesmo isso alguns alunos do ensino médio sabem mais…. “M” é grafado antes de P e B…

  12. Ana Meira

    sua aula é demais! Se todos os educadores explicassem com tamanha naturalidade ao invés de ficarem tentando mostrar o domínio da física em linguagem rebuscada e imcompreensível, talvez mais alunos do ensino médio optassem por fazer física. Muito boa mesmo, a sua explicação!!!!!!!

  13. Vassili

    QF, tá de parabéns mesmo

    Eu levei suas aulas pra um pessoal do pré-vestibular (e recomendei o site é lógico) e todo mundo adorou. ^^

    Sério, a educação no Brasil seria outra coisa, se os educadores gostassem mesmo do que fazem e tivessem idéias criativas como as suas.

    Mais uma vez, PARABÉNS!

  14. Aluno desocupado

    QF, vc ñ tem mais o q fazer?
    Q blog foda do caralho!
    Seria legal ter aula de física assim!
    Sem comentar os malditos exemplos oriundos das profundezas ociosas do inferno.
    Continue com o site…
    Vou me graduar em física só pra dar aula assim!

Faça um comentário...

*Atenção! Letras pequenas! Aviso importante: O sistema de comentários do Aprenda com Efeito Ázaron é um espaço para os leitores publicarem suas opiniões e comentários relacionados ao conteúdo. Todo e QUALQUER texto publicado nos comentários por terceiros não reflete a opinião do site e é de exclusiva e integral responsabilidade do leitor que o escreveu. Ao comentar aqui, o usuário concorda que SEU texto é de SUA responsabilidade, e não do site.

Theme by Anders Norén